Pronomes Indefinidos: Saiba sobre tudo

Você já ouviu falar em pronomes indefinidos, mas confunde com outros pronomes como os demonstrativos?

Os pronomes demonstrativos indicam relação com o tempo, espaço e discurso, ou seja, definem o objeto para qual direcionam (esse, este, aquele, aquela, isto, isso). Já os pronomes indefinidos, como o próprio nome sugere, não definem o objeto presente na oração.

Exemplo:

  • Alguém te falou isso. (quem falou?)

No artigo abaixo você vai saber o que é e quais as regras do uso do pronome indefinido.

O que é pronome indefinido?

É o pronome com sentido indeterminado, referente à 3ª pessoa gramatical.

Exemplo:

  • Quantos pretendem nos acompanhar?
  • Viajarei algum dia para a Europa?

Regras dos pronomes indefinidos

Existem algumas regras para o uso de pronomes indefinidos e que estão listadas abaixo:

Variável

São considerados variáveis:

  • Algum, alguma, alguns, algumas;
  • Nenhum, nenhuma, nenhuns, nenhumas;
  • Outro, outra, outros, outras;
  • Todo, toda, todos, todas;
  • Muito, muita, muitos, muitas;
  • Pouco, pouca, poucos, poucas;
  • Tanto, tanta, tantos, tantas;
  • Vária, vário, vários, várias;
  • Quanto, quanta, quanto, quantas;
  • Qualquer, quaisquer;
  • Certo, certa, certos, certas.

Invariável

São considerados invariáveis:

  • Algo;
  • Outrem;
  • Cada;
  • Nada;
  • Tudo;
  • Alguém;
  • Ninguém.

Os pronomes são classificados como pronomes indefinidos substantivos, adjetivos e locuções pronominais indefinidas.

Aproveite e saiba mais:

Pronomes indefinidos substantivos:

São pronomes que assumem o lugar de quem ou do que se fala: algo, tudo, alguém, fulano, beltrano, ciclano, nada, quem, ninguém.

Exemplo:

  • Ele levou tudo daqui.
  • Nada nem ninguém poderá me impedir.

Pronomes indefinidos adjetivos:

Confere quantidade aproximada, além de qualificar o que é expresso na frase: cada, certo(s), certa(s).

Exemplo:

  • Tem certas coisas que eu não sei dizer (Lulu Santos).
  • Cada pessoa tem seu tempo de aprendizagem.

OBS.: os pronomes indefinidos podem ser substantivos e adjetivos dependendo de como aparecem.

Ex.:

Quantos convidados virão? (pronome substantivo)

Quantos virão? (pronome adjetivo)

Outros pronomes indefinidos que podem ser usados como substantivos e adjetivos: muito(s), muita(s), pouco(s), pouca(s), quanto(s), quanta(s), um, uns, umas, algum(s), alguma(s), nenhum, nenhuns, tanto(s), tanta(s), outro(s), outra(s), qualquer, quaisquer, todo(s), toda(s).

pronomes indefinidos

Locuções pronominais indefinidas:

São palavras equivalentes a pronomes indefinidos:

  • Cada qual;
  • Cada um;
  • Seja quem for;
  • Seja qual for;
  • Quem quer que.

Ex.:

  • Quem quer que seja, dispense.

Exemplos de pronomes indefinidos

Quem vai ganhar a disputa? (pronome indefinido substantivo)

Cada um faz o que bem entende. (locução pronominal indefinida)

Certas pessoas me dão preguiça. (pronome indefinido adjetivo)

Seja qual for a resposta, lá estarei. (locução pronominal indefinida)

Quando acaba o respeito, acaba tudo. (pronome indefinido substantivo)

Considerações finais

Saber usar os pronomes indefinidos é muito importante para imprimir coerência e qualidade a um texto. Você já deve ter percebido que alguns pronomes criam a chamado oposição de sentido. Por exemplo:

  • Certo – refere-se a algo particular;
  • Qualquer – generaliza.

Certos estudos científicos são desnecessários / Qualquer estudo científico é desnecessário.

Portanto, vale a pena aprender mais sobre os pronomes a fim de tornar os textos mais ricos e coerentes.

Rate this post